O Eu de 2018… é igual ao do 2017

Não vou fazer previsões como fazem os tarologos, mas acredito VERDADEIRAMENTE que 2018 vai ser um ano bom. Não vou ficar de braços cruzados à espera que algo me caia do céu! Lutarei pelas coisas que quero e que certamente hoje não são as mesmas que amanha ou daqui a 1 mês, mas farei por acontecer.

Faz algum tempo que deixei de me julgar, não me culpo pelas coisas que fiz ou pelas que não fiz. Procuro a cada dia ser melhor, melhor mãe, melhor esposa, melhor mulher! Para ser uma mãe por inteiro (com tudo o que implica ser mãe de uma menina) tenho que estar bem como mulher! O mesmo se aplica ao papel de esposa. Sou uma Mulher com os seus 35 anos bem feitos e bem resolvidos! Não me acho velha, nem me preocupo com a chegada dos tão temidos (ou não) 40. Por não me achar velha nem ver as marcas do tempo no meu rosto (que de certeza tenho) sou uma descuidada com a colocação de cremes e coisas afins. Mas querem saber uma coisa, a minha avó materna faleceu com 94 anos e dizia sempre que nem estava muito enrugada para a idade que tinha. E lembro-me bem que ela não era mulher de meter cremes ou maquilhagens. Creio que se pintou as unhas uma meia dúzia de vezes será muito. Talvez seja um bocadinho como ela. Sou vaidosa é verdade, mas sou mais preguiçosa. As rugas e as marcas no corpo e no rosto são equivalentes a histórias vividas e não quero apagar nenhuma da minha vida. São histórias que eu quero fazer, várias pequenas que compõem uma maior e muito bonita.

2018-01-01 15.19.40

Quero neste ano que agora começou se repitam muitos momentos como o do primeiro dia do ano. Fomos em família ver um filme, coisa que só tínhamos feito uma vez. Venham os filmes de animação que nós vamos estar mais atentos. Ouviste Mário? TEMOS QUE IR MAIS VEZES AO CINEMA EM 2018!

Fica aqui prometido que neste ano farei por acontecerem mais momentos destes. Pelo menos 1 vez por mês temos que fazer um programa em família. Não vale desculpas nem justificações baratas.

Há tantos sítios que quero mostrar à minha filha. Locais onde fui com os meus pais e de onde tenho recordações bonitas. Este ano sem falta tenho que levar a Madalena ao Zoo de Lisboa. Tenho andado a adiar porque queria fazer uma ida em família, modo avós maternos e paternos e a malta não se consegue organizar. Deste ano não passa! Seja com muitos ou poucos o Zoo de Lisboa que nos aguarde. E tenho que finalmente ir ao Porto comer uma francesinha (vá esta parte não é imprescindível) e aproveito e fazemos a primeira viagem de comboio da Madalena. Nem por acaso vi hoje que a CP está com uns preços especiais para viagens Lisboa-Porto. Tenho também que voltar aos momentos culinários com a Madalena, ela adora ajudar e eu fico deliciada a vê-la crescer. Acreditam que ela já sabe partir um ovo sozinha sem i esborrachar ou espalhar por todos os lados. Parte-o para dentro de uma taça está pronto a usar.

Eu não digo que 2018 vai ser um ano bom? Não sou vidente mas disso tenho a certeza!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s