Obrigado

Hoje é dia do Obrigado, mas eu agradeço a Deus todos os dias por tudo o que ele me dá.


Thanks for being there for me.

#godisincontrol

Chegou

Finalmente chegou o mês de dezembro.

Para nós é sinónimo de animação, família, muita comida boa, festa(s) de aniversário, musical do 🐼 e eu sei mais o quê.

Este ano vamos ter um dezembro que ninguém queria, mas temos que fazer dele um mês que seja memorável.

Cá em casa não vamos baixar os braços e vamos ter essas coisas todas tão características do mês de dezembro, só que adaptadas ao tempo e às restrições que vivemos.

Hoje aproveitámos a sesta do Pedro e fomos passear pelo bosque próximo de casa. Quase que me senti na nossa aldeia colorida tal era o cheiro a eucalipto.

Cá em casa já estamos preparados para o Natal e as decorações já estão por todo o lado, mas há sempre espaço para mais.

Here is December and we are ready for Christmas 🎄⛄

#traphoto_dinheiro

Estava “bom tempo” e nós tínhamos tempo e por isso fomos aproveitar a companhia uma da outra.


Não há dinheiro que pague estes momentos. Não há bicho covid que nos tire a vontade de viver.


It’s simple to make a kid happy, you just need to give her your time and no money buys that.

Ora dá cá dois!

Ontem foi dia de festa… dentro das regras que este tempo louco nos obriga. Não podemos convidar todos os familiares e amigos como gostamos de fazer.Mas isso não nos impediu de celebrar.
O tema da festa escolhido foi o Pocoyo. O Pedro adora-o e ver esses desenhos é muitas vezes a única forma de o convencer a comer ou a parar de chorar. Bendita Netflix. A Madalena também é uma fã destes desenhos animados, por isso foi ouro sobre azul.
Confesso-vos que não estava com espírito para festas, na verdade até estava com mais vontade de chorar do que sorrir. Estava melancólica e sem vontade de fazer nada. Eu adoro festejar, estar com a família e amigos, adoro fazer churrascos, de juntar todos em torno da mesa recheada de comida e bebidas frescas. Este ano isso não ia acontecer…

O meu humor mudou quando a minha filha me perguntou se não íamos enfeitar a sala para a festa do Pedro e cá dentro fez-se click. Ela quis decorar a casa para fazer uma surpresa ao irmão, tal como eu costumo fazer com ela. Ela até permitiu e colaborou na decoração com balões.

Quando o irmão acordou a sesta e veio para a sala ela gritou SURPRESA!!!

Foi o inicio da festa! Desde desse momento houve música, dança, comida, bebida, gargalhadas e boa disposição.
Não celebrámos como costumamos fazer, mas também não deixámos que este covide dum raio nos roubasse o dia e a alegria.
Ele nunca se vai lembrar que este ano foi diferente, a irmã recordará a festa que ela organizou e eu vou-me lembrando que eles crescem rápido demais e que tenho que aproveitar TODOS os momentos.

Os meus patinhos

Uma das coisas que me dá mais prazer é ver os meus filhos a brincar. Se brincarem os dois juntos sem choros e gritos pelo meio melhor ainda. Espero pelo dia em que isso aconteça, por agora é vou gerindo como posso toda esta dinâmica.