Dias Felizes, Eu em imagens, Moms and Kids

Piratinhas

Sim é verdade tenho um barco insuflável no meio da sala.

Não é o melhor objeto de decoração, mas ontem rendeu pelo menos 4 horas de brincadeira sem birras ou “guerras* entre os dois.

Anda uma pessoa a gastar dinheiro em brinquedos caros para quê.

Basta um barco insuflável e a imaginação de dois piratas.

Eu, mãe, mulher...

Brincar

Já desisti de arrumar os brinquedos.

Toda a casa está tomada por brinquedos.

Um dia ainda vou choramingar porque não há mais brinquedos e porque os meus meninos já estão muito grandes.

Por agora, vou deixar a “vida me levar”…

Pode ser uma imagem a preto e branco de interiores

Moms and Kids

Pãodemia

Esta pandemia trouxe-nos uma nova rotina: fazer pão 🍞

E os pequenos já estão a aprender com a avó como se faz.

Eu, mãe, mulher...

Troféu

Pedro a exibir o seu troféu.

A mãe ainda está a recuperar do susto.

O gaiato decidiu brincar com um relógio de parede (por culpa minha que deixei num sítio onde ele foi buscar e eu não me importei) e partiu o vidro.

Agora imaginem como eu fiquei quando cheguei à sala e está o senhor a brincar feliz com os pedaços do vidro e a puxar os ponteiros do relógio.

Nos 30 segundos que levaram a perceber o que se estava a passar de onde vinha o sangue (já vos disse que tenho 1,80m e pari dois filhos mas não posso ver sangue) senti-me a desmaiar o que vale é que ao mesmo tempo sinto subir a adrenalina e lá levei o miúdo para lavar as mãos.

E o Pedro?

Perguntam vocês (não perguntam nada mas eu digo na mesma).

Estava na boa como se nada se passasse.

Tinha um mini corte no dedo e dizia tenho aqui um risco mãe.

Isto é mais uma vez a prova que eu tenho que Deus olha por ele desde a hora do seu nascimento.

Obrigada Senhor por ser a melhor babysitter de sempre!

E a mãe já levou uma lição!

Dias Felizes, Eu, mãe, mulher...

Slow living

Domingo em slow living…

Tirar um dia da semana para louvar e agradecer.

Obrigada Senhor por tudo o que me dás.

Eu sei que será sempre aquilo que preciso e não aquilo que eu quero e estou tranquila com isso.

Hoje até consegui matar as saudades daquele lugar onde slow living é a única forma de viver bastou-me apenas a um balde com amêndoas e avelãs.