Sou mãe só isso…

Faz muito tempo que não escrevo por estas bandas. A vida não me tem sido meiga, trabalho, filha doente, afazeres normais da casa que acumulam, comida que já escasseia no armário e no frigorífico… e sabe-se lá mais o quê.

Com tanta coisa pelo caminho acabo por ceder à pressão e os que me estão mais próximos levam com os estilhaços. Muitas vezes rebento mesmo como se fosse uma bomba, basta um pequeno toque e bum! A convivência com o marido sofre e muitas vezes parecemos 2 telemóveis sem rede durante uma chamada e a conversa perde-se e não flui, não é harmoniosa e prazerosa como devia ser. Muitas vezes até dou por mim a pensar que sinto falta de quando éramos namorados, não sei bem do quê em particular mas de vez em quando fico nostálgica. A filha tem também sofrido com o meu stress e a minha falta de tempo e organização. Passo menos tempo com ela e tenho menos vontade de brincar com as bonecas porque me sinto exausta. A vida de crescido é uma treta.

Mas nada acontece por acaso e nada dura eternamente… O trabalho abrandou, a casa voltou à desorganização normal e eu disse para mim mesma acabou! Não vale a pena andar com stress e a correr por coisas que não são o essencial na minha vida. Estou mais concentrada em mim e em estar com a minha filha e com o meu marido. O tempo e as ansiedades têm sido geridos de outra forma.

Mesmo com toda a confusão do mês de fevereiro tivemos os nossos momentos de família e tempo dedicado só a nós. Cinema, parque alimentar os patos e pombos e um belo festejo de carnaval.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s