Ep1 – As coisas que me incomodam: WC públicos e crianças

Sou uma contestatária, quem me conhece sabe que estou sempre a refilar. Mas no fim das contas sou como aqueles cães pequenos que ladram muito mas depois não mordo a ninguém. Começo hoje uma série de posts, digo eu agora que tive um bocadinho para me sentar, onde falo das coisas que me incomodam no decorrer do meu dia a dia de mãe e mulher e que acho eu seriam simples de ser mudadas.

A ideia de escrever sobre este assunto surgiu no passado domingo. Voltámos de férias e tivemos que parar na estação de serviço de Leiria para comer e ir ao WC. Quem é mãe ou pai sabe o suplício que é ter que ir com eles à casa de banho fora de casa. Mas não há como evitar esse acontecimento trágico.

Resultado de imagem para wc sign

Vamos as duas, mãe e filha, à casa de banho e a primeira coisa que eu digo à Madalena  é: “Não toques em nada!”. O que na cabeça dela é entendido como: “podes mexer em todo o lado, à vontadinha!”. Depois há toda uma logística para conseguir que ela faça xixi no sítio que é suposto porque a sanita está sempre uma grande imundice e não a vou sentar naquele pote gigantesco de germes. Então acabo sempre por fazer um equilibrismo para a conseguir manter suspensa em cima da sanita e rezo para que o xixi não me acerte nos pés ou nas pernas e para que no meio de tanto equilibrismo ela não molhe a roupa. Se conseguir estas duas coisas já é meio caminho andado para a coisa correr “bem”. Depois chega à minha vez de fazer xixi, o que para a minha filha é o equivalente a dizer: “podes abrir a porta e mostrar às senhoras que estão lá fora a tua mãe a fazer xixi em modo equilibrista.” Todas nós sabemos as figurinhas que fazemos para conseguir fazer xixi sem tocar em nada e o belo exercício de pernas que a tarefa exige.

Este processo poderia ser um bocadinho menos penoso se as pessoas, utilizadores das casas de banho por esse país fora, fossem um bocadinho mais civilizadas. Mas isso não acontece, o que se verifica é que desde que consigam despachar o seu xixi não importa como ficou a casa de banho para o próximo utilizador/a. 

Já que estamos a falar de idas com a Madalena à casa de banho, outra coisa que me incomoda é não haverem obrigatoriamente casas de banho familiares em todos os locais públicos, ou seja casas de banho em que tanto o pai ou a mãe poderiam ir com o filho/a e onde o existissem sanitas em ponto pequeno para as crianças. Alguns centros comerciais já as têm e acho fantástico. Desde as sanitas mais pequenas até aos lavatórios mais baixos para que os miúdos não tenham que se pendurar ou que nós tenhamos que lhes pegar ao colo para eles lavarem as mãos. Digo isto porque sei que o meu marido não se sente nada confortável a levá-la ao WC dos homens e diga-se de passagem eu também não acho muita piada.

Será estas coisas só me incomodam a mim?

Ou será que já estou a delirar por causa da privação do sono?

 

One thought on “Ep1 – As coisas que me incomodam: WC públicos e crianças

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s