Enquanto o bebé não chega… (I)

IMG_1867Aqui vai a primeira lista de 5 coisas a fazer para não enlouquecer enquanto o bebé não chega. Não sei se eu as conseguirei fazer todas mas são uma sugestão que em teoria funcionará.

1 – Ser Paciente

Eu sei que são quarenta semanas, ou duzentos e oitenta dias, ou seis mil setecentas e vinte horas… (nota-se que andei muito tempo a pensar nisto não nota?), mas não há forma de acelerar o processo por isso o melhor é desfrutar da barriga. Porque acreditem vão ter saudades dela de como se sentiam quando estavam assim em modo balão inchado. Uma segunda gravidez é diferente a barriga é outra o sentimento é outro e a saudade da primeira pança continua.

2 – Esquecer a data prevista para o parto

Não vale a pena andar obcecada com a data em que o bebé está previsto, o mais certo é ele não nascer nesse dia. Ele nascerá quando estiver “preparado” ou quando lhe derem ordem de despejo consoante a circustância.

3 – Descansar!

Ora esta é aquela coisa que todos nos dizem, mas que é para mim a mais difícil de fazer. Algures numa consulta uma enfermeira disse-me o seguinte: ” agora que está grávida tem que descansar mais 1 hora e caminhar mais 30 minutos do que antes”. Eu pensei que bela ideia, mas a verdade é que ser mãe de segunda viagem dificulta esta tarefa porque há sempre qualquer coisa que é preciso fazer. O que estou a tentar implementar é planear períodos de tempo específicos para descansar física e mentalmente. Como dormir durante a noite é complicado tento ir para a cama o mais cedo possível para aproveitar o tempo todo que posso para descansar.

4 – Preparar o ninho

Sim façam o ninho tal como os passarinhos, criem o ambiente propício para receberem o vosso rebento. Mas não exagerem, se a criança nascer e não tiver o quarto todo preparado e cheio de coisas também não vem mal nenhum ao mundo. Eu da Madalena não preparei o quarto dela antes dela nascer, apenas preparei o cantinho dela no meu quarto onde ela ficou até aos 9 meses. Aí dediquei-me a preparar o quarto dela e as coisas com que ela iria brincar de acordo com o que ela já gostava. Aproveitem os últimos 2 meses para lavar e organizar as roupas que foram comprando e ganhando de presente. Esses momentos são sempre agradáveis pois olhamos para aquelas peças tão pequeninas e imaginamos os nossos tesouros dentro deles.

5 – Fazer uma mini lua de mel

A mudança na vida do casal vai ser muito boa, mas é importante que o casal não deixe enredar pela chegada do bebé e o romantismo se perca. De certo será agradável tirar pelo menos uns 3 dias para estarem os 2 sem que o foco seja o bebé, apenas para namorar e curtir momentos a 2. Na minha primeira gravidez tivemos esta “lua de mel”, mas por acaso. Antes engravidar já tínhamos comprado uma viagem a Itália e aqueles dias souberam mesmo bem. Apesar de a Madalena já estar connosco e estarmos sempre a pensar/viver em função dela foi bom passear e namorar a 2. Nesta gravidez ainda pensámos em fazer algo do género, mas ainda não tive coragem de ir passear muitos dias sem levar a Madalena e por isso a lua de mel versão 2 ainda não foi concretizada.

Se ainda não conseguiram remediar o grau de loucura/ansiedade com estas dicas esperem pelas próximas 5.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s