Doce

Este é o meu doce rebelde.

Este é aquele que me faz querer mais filhos e ao mesmo tempo não querer mais porque me deixa LOUCA com os seus disparates.

Este é o meu menino que eu desejei que fosse uma menina, que tola que fui.

Este é o meu amor perfeito.


#trapices #vidademae #trapiceslife #desafio_traphoto #filhoslindossãoosmeus #amormaior #traphoto_doce #doce #meupiratinha

He is my sweet little boy.

Uma palavra

Uma palavra: justiça.

Amanhã a catequese é sobre a justiça… Tanto que haverá para discutir.

A justiça é um valor fundamental do projeto humano segundo Jesus Cristo. Deus é justo e quer que os homens sejam justos. Há justiça, quando cada pessoa e cada comunidade têm o que lhes é devido e o que precisam para viver dignamente. Há justiça, quando são respeitados os direitos de todos.



Como cristão, será que podemos ficar com os braços cruzados?

Favorito

Fico deliciada com os desenhos da minha filha.

Hoje na aula de português a professora leu a história do Cuquedo e deu-lhes como tarefa do dia fazerem um desenho que ilustrasse a história.

Ora bem o Cuquedo andava na selva a assustar todos os animais. Quando lhe perguntei qual era o animal que o Cuquedo ia assustar ela disse muito convicta: o mais fácil de desenhar; a girafa!

Ok estou convencida.

Outra coisa que me deixa super babada é a letra bonita que a Madalena tem.

Eu lembro-me de ter os cadernos uma miséria, todos borrados do lápis de carvão e quando comecei a escrever com caneta vieram os tão célebres buracos nas folhas tudo culpa daquelas borrachas horríveis laranja e azul. Que aqui entre nós não apagavam nada elas só serviam para lixar os cadernos todos!

E este desenho está claramente entre os meus preferidos.

Aulas online não são fáceis, para professores e alunos. Hoje um colega da Madalena verbalizou aquilo que todos sentem: professora tenho saudades tuas.

Temos todos meu amor, temos todos… Saudades de poder matar as saudades.

Today’s assignment: she nail it and I am so proud of her.

Vou poupar-me

Sempre que iniciamos um novo ano, pensamos sempre em resoluções para o ano que está a começar. Eu nunca fiz listas de coisas, e nunca pensei em 12 desejos para pedir quando dão as 12 badaladas da meia noite. Mas uma coisa eu já percebi que é algo que sempre desejo para mim e para os meus: felicidade.

Estamos a viver um tempo que não é fácil para ninguém. Mas uma coisa eu tenho a certeza, e vou continuar a ter por mais tempo que passe. Eu tenho que estar bem para poder cuidar daqueles que amo. Se não for assim eu apenas consigo sobreviver e o que eu quero é VIVER.


Decidi, já à alguns dias mas ainda não tinha tido oportunidade/vontade de vir aqui tornar isto oficial. Vou poupar-me!
Vou colocar dinheiro de parte para investir em mim e em coisas que eu gosto ou que me fazem sentir bem. Vou tirar tempo para investir em mim. Vou usar este exercício para me ir lembrando que tenho que me poupar.

Preparei um conjunto de papeis com números de 1 a 10 que vou dobrar e colocar dentro de um frasco e sempre que tiver um dia daqueles merdosos, até ao dia do meu aniversário que é em maio, tiro um papel. O número que estiver lá será o valor que eu tenho que colocar de parte para investir em mim. Como não tenho sempre dinheiro físico sempre comigo, porque com esta coisa do covid e confinamento os meus pagamentos são quase 99% das vezes feitos com cartão ou MBWay, tenho que arranjar uma forma de colocar o dinheiro separado. Por isso vou fazer outro pote onde coloco os papeis para depois saber qual o valor a usar.

Cada vez que tiver que ir tirar um papel vou-me lembrar que tenho que pensar em mim e poupar-me. Não sei se isto vai funcionar, mas daqui a um mês volto a fazer o balanço da coisa.

Façam coisas por vocês, tirem tempo para investirem em vocês. Quem é mãe e pai sabe bem como é difícil não colocar os filhos no primeiro plano. Eu ando a tentar não o fazer à 7 anos e não estou a conseguir, na verdade acho que vou conseguindo por frações de segundo e por isso é que me estou a propor a este desafio. Porque preciso poupar-me.